o teu nome está escrito no meu coração.


hoje a trocar palavras com um certo desconhecido, visto que não o conheço bem o suficiente. lembrei-me de ti. talvez pelo o facto de sentir que ele, se estava a tentar aproximar-se demasiado de mim e a tentar enganar o meu coração. e eu ao apercebe-me gritei pelo teu nome. gritei tanto, ao ponto de não conseguir pensar em mais nada a não ser em ti.  eu apenas queria dizer-te que mesmo distante o meu coração continua aqui, a ser-te fiel. oh o meu órgão, não consegue ouvir o pronunciar de qualquer palavra carinhosa,vindo de certos "desconhecidos". ele já conhece tão bem essa velha cantiga de trás para frente, que eles cantam ao ouvido, dessas almas que estão de uma certa forma perdidas. e não suporta ouvi-la mais. e é aí que entras tu. tu que me cantaste uma nova melodia. tu que curaste o meu coração das feridas que outrora lhe tinham feito. ensinaste-me o significado de um verdadeiro amor. e hoje agradeço-te por o teres feito. oh meu pequeno, sem ti, o meu coração voltou a sentir a mesma insegurança, que já não sentia há muito tempo. e ele apenas fecha-se do mundo. das pessoas. deixou de acreditar nelas, e nos seus vocábulos. e de uma certa forma eu não o censuro, estamos demasiados feridos, devido a elas. um dia gostaria de voltar acreditar, sem pensar que atrás de uma palavras vem sempre outra a seguir. que atrás de um gesto vem sempre outro. quero apenas viver um minuto de cada vez. e hoje só quero dizer-te que preciso de ti, e da melodia que tu bem sabes de cór . amo-te. Boa noite

2 comentários:

Kika disse...

Oiii! Achei seu blog no de alguém e resolvi vistá-lo. Adorei de cara.
Já estou seguindo-o.

Passa no meu.
Da uma espiadinha (risos)!!!
Se gostar, me segue tbm!

Agradeço desde já.

Eu seu Lar

♪♥♫

marta. disse...

acho que é o que fazes melhor, fofinha *-* <3
e este post está qualquer coisa também!