“A vida é uma merda”. não me vou importar com o que possam pensar, não hoje. sinto como se tivesse uma bomba relógio presa no meu corpo prestes a explodir e eu anseio por esse momento. quero abandonar este vácuo ao qual me prendi durante demasiado tempo. tenho nojo. nojo desta vida, nojo deste corpo coberto por recordações más, por todas as feridas ás quais eu fiz para sentir ainda mais dor. o meu corpo é apenas uma tela, que retrata cada erro que cometi e eu fui feita sua prisioneira para reviver vezes sem conta a mesmo erro. porque ele faz o que quer com a minha alma, ele a estilhaça em bocadinhos e depois os cola como se nada tivesse sucedido. e eu apenas me quero soltar deste corpo moribundo. quero eximir desta vida. eu sou um ser desprezível, sou daquelas pessoas ambíguas que toda a gente evita tocar só por ter medo que se grude, como se fosse uma doença. “A vida é uma merda”, não é uma simples metáfora, não é um desabafo daqueles que perde o sentido passado uns dias. é a realidade pura. a vida está sempre a foder-nos da pior forma. faz-nos lutar, luta atrás de luta, e quando finalmente sentimos o auge da felicidade, ela nos tira num ápice. como quem tira o tapete ao qual nós estávamos em cima e o nosso corpo somente cai ao chão, sem forças e quando caímos na realidade sentimos realmente a dor. mas antes fosse uma dor de uma queda. é uma dor desesperante ao qual nos sufoca aos poucos. temos pensamentos sombrios e queremos desistir, mas quando estamos prestes a cair, (“a vida não foi feita para fracos”) ensinamos a vida o porquê da dita frase existir e vamos procurar o pouco de força que ainda nos resta para nos levantarmos mesmo sabendo que um dia voltaremos a estar no mesmo chão gélido com a mesma dor, porque a vida é uma valente merda. mas não desistirei, posso gritar, espernear, ferir-me a mim mesma mas eu encontrei sempre o meu alento. e eu não preciso de ser uma pessoa forte eu apenas preciso de encontrar a minha força. porque pessoas fortes só se definem no exato momento em que a vida as faz cair.

23 comentários:

may rose disse...

oh pequenina que se passa contigo? estás bem?

patrice disse...

vou ter querida! eu sei que vou :3

Cátia disse...

Muito obrigada pelo teu comentário querida:)

m. disse...

É, a vida é uma merda. E de tantas vezes eu dizer isso, não é que ela se tornou mesmo uma merda? Mas olha, quando menos esperares, quando menos acreditares em ti, na vida, e em tudo o que ainda de bom pode acontecer, chegará alguém ou algo para te fazer levantar e ser forte, tal como és. Acredita, eu sei do que falo. <3

nicolemorais disse...

Dizes-me sempre tanto com as tuas palavras! Eu prometo, prometo que vou tentar levantar-me e ser mais forte perante a vida! E olha, eu quero-te de pé. Quero que caias nesse chão gélido só daqui a imeeeeenso tempo, de forma a já não te lembrares quando foi a última vez que caíste. E não te magoes, por favor.

Sroul. disse...

1º Obrigada, mesmo!
2º Adorei este teu tezto.
3º Força para ti também*

ana catarina disse...

tens razão. adorei o texto!

Pedro Miguel SIlva Macedo. disse...


Em relação ao comentário que fizeste ao meu blogue , é verdade mas enfim.

Em relação ao teu post, adoro a forma como te expressas , tens jeito ,talento para a escrita Andreia.
Não te conheço todavia acredito que não és desprezível, nem ambígua e certamente existe muitas pessoas que dava o "cu" para que grudes nelas.
Gosto também da tua música, como se chama ?

Se poderes adiciona-me no msn: pedro20musica@hotmail.com

NaaGuerreiro disse...

Tu és muito forte meu amor e a força que anseias encontrar está em ti, mas há momentos que se reprime e se esconde por trás de tristeza e um pouco de fraqueza interior. Sabes que poderás SEMPRE desabafar comigo! Desejo-te o melhor princesa «3
Quanto ao comentário que me fizeste , aquele texto foram os "últimos cartuchos" de um coração cansado de se iludir e desiludir demasiado! Tomei, finalmente, a decisao de o esquecer e acredito que consiga, nem que para isso ainda tenha que chorar muito em silêncio...
Beijinhos meu amor <3

andrii disse...

Muito obrigada, a sério. Espero mesmo conseguir ficar bem!
E tu também, quero que fiques, concordo com o texto, e gostei muito <3

(já agora, podes dizer-me por favor qual o nome da tua música? Obrigada, querida) <3

joanamoreira. disse...

também eu espero, também eu, princesa.

B disse...

Gostei muito deste texto! Sê forte*

uma fonte de algo novo disse...

gostei bastante do teu blog ... adorei o que li no post nao te conheço mas a forças que nos nao sabemos que temos e sei que essa força vai aparecer em quando e onde menos se espera por isso se forte! a senti e estou a sentir um pouco isso mas sabes a vida fode-nos e nos fodemos a vida a seu tempo

cláudiagomes. disse...

tu és forte, abanas mas não cais.

may rose disse...

oh e eu digo-te o mesmo, tens de dar a volta por cima porque assim tentas ser mais feliz.. as melhores pequenina :))

nicolemorais disse...

É isso! Eu estava a precisar de cair, de me sentir perdida, para poder ter força para me levantar novamente. E tem custado levantar-me, mas sei que vou acabar por conseguir.
E olha, essa pessoa se quer ir, é porque não é boa para ti, principalmente se não te ajuda a fazê-lo ficar. Tu podes tentar, mas não podes fazer tudo, a luta tem de ser dos dois. Contudo, eu acredito que ainda consigas fazê-lo ficar. E sim, tens de ser forte <3

m. disse...

É a tua melhor amiga?

uma fonte de algo novo disse...

de nada querida acho que mais que nunca te compreendo , sim nao tenhas duvidas mas nem todos compreendem a dor que se sente ... obrigada pelas palavras P.S sigo o teu tumblr tambem

cláudiagomes. disse...

Mas, tens que ter força. Pensar positivamente.

may rose disse...

oh pequena, ainda bem que gostas!!

Mafalda Sofia disse...

Adoro!

andrii disse...

Muito obrigada, anjo!
Espero sinceramente que fique tudo bem com ele e com a mãe dele... <3

Mariana F. disse...

não te devias importar com o que possam pensar todos os dias da tua vida, e não apenas no dia em que escreveste isto.. lembra-te